A Viação Princesa do Sul está com seus dias contados, a Planalto está chegando para ocupar o seu lugar, enquanto isso a cidade vive um verdadeiro caos, quando o assunto é transporte coletivo urbano. Já foi sem duvidas uma grande prestadora de serviços, mas não consegue mais atender a demanda de uma cidade cujo progresso e desenvolvimento tem sido uma constante. A última ainda repercute nas redes sociais e veículos de comunicação de Pouso Alegre e região.

Na sexta-feira, 08/3 uma senhora idosa, Efigênia Maria Fernandes, de 68 anos, afirmou em B.O. prestado a Polícia Militar, ter quebrado a perna depois de ter caído de um ônibus da Viação Princesa do Sul, em Pouso Alegre/MG na Av. Vereador da Costa Rios, Bairro São Geraldo. Ela disse que estava descendo do coletivo, mas o motorista não a esperou e saiu com o veículo, provocando a sua queda.

Procurada pela reportagem do JC o responsável pelo transporte coletivo de Pouso Alegre, Viação Princesa do Sul não retornou a ligação, ignorando o assunto que virou manchete nas redes sociais em pouco tempo.

O momento do acidente

Um vídeo registrado por uma câmera de segurança registrou o momento quando uma mulher sai e passa atrás do coletivo. Em seguida, ele arranca, mas dá para se notar que uma pessoa estava descendo do mesmo. O veículo segue sua trajetória e a passageira cai. Também pode ser visto que ela tenta se levantar e cai novamente.

Dona Efigênia Maria Fernandes, na queda, machucou os braços e fraturou a perna. Foi socorrida por dois bombeiros que ali se encontravam e encaminhada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio, onde passou por uma cirurgia, ficando em observação até receber alta.

Ela conta que tinha saído de casa para visitar um bisneto que mora perto do ponto de ônibus onde desceu e sofreu o acidente. Segundo a família de Efigênia, é um costume visitar o neto uma a duas vezes na semana. Eles estão indignados com o motorista e culpam a empresa pelo desrespeito a uma idosa.

Uma neta de Efigênia postou em uma rede social o que aconteceu com sua a avó. Nos comentários, algumas pessoas escreveram que estavam no mesmo ônibus, e que presenciaram a cena, avisando o motorista que não deu ouvido aos reclames. Segundo a versão de uma pessoa ela conta que “foi lastimável ver todos gritando para o motorista parar o ônibus e ele simplesmente ignorou, saindo como se nada tivesse acontecido”.

Os parentes da idosa lamentam o fato e registraram um B.O. (Boletim de Ocorrência) disseram também que procuraram a empresa de ônibus, mas não obtiveram nenhuma resposta. E completam que uma população inteira está revoltada com o pouco caso com uma senhora ativa que não foi respeitada pela empresa e seus funcionários. Veja abaixo reportagem realizada pela Rede Mais mostrando o fato e depoimentos de familiares e pessoas opinando a respeito.

Neste momento em que a Viação Princesa do Sul está deixando suas reais funções, o certo seria prestar um serviço digno da excelência que um dia receberam do Iso 2000, e deixar saudades. Essas atitudes, apenas denigrem ainda mais os péssimos serviços que estão oferecendo à população que, durantes décadas foram fiéis como usuários. Cabe aos proprietários encerrar suas atividades com um pouco mais de amor ao próximo, que não tem culpa, se a fonte de renda está se esgotando por negligência e maus serviços prestados. Que venha a Planalto mostrar eficiência e competência nesta área importantíssima para o bom desenvolvimento de nossa cidade.

Direto da Redação com informações da internet Vídeo: Rede Mais

Comentários

Publicidade