Saudades antigas e recentes se misturam nos cemitérios de Pouso Alegre, neste sábado e domingo, último fim de semana antes do Dia de Finados, o movimento já foi intenso. Os locais, Cemitério Municipal e Jardim do Céu na cidade é a última morada de muitos parentes e amigos, principalmente das irmãs Carlota, Amélia e Joana. Juntas, elas contam que visitam o cemitério em datas importantes como Dia das Mães, Dia dos Pais, Natal e aniversário dos seus entes queridos.

Desta vez, anteciparam a lembrança pela do Dia de Finados, que será na próxima quinta-feira, 2 de novembro, para escapar do tumulto. A dona de casa Aparecida Conceição, 53 anos, afirma que mora em um sítio próximo a Congonhal e veio visitar as irmãs. “Aproveitamos para vir juntas. No dia tem muito movimento, fica muito cheio e difícil de se fazer uma boa faxina, principalmente um que necessita de caiação”, diz.

O aposentado Osvaldo Rodrigues, 78 anos, conta que aproveitou o final de semana para começar a limpeza do jazigo onde estão sepultados cinco irmãos, pai, mãe e uma tia. A última despedida tem marcas recentes. Osvaldo perdeu um irmão na segunda-feira (dia 23). “Também tenho muitos amigos sepultados aqui, alguns até esquecidos. Aproveito para dar uma olhada, uma limpada, não me custa nada”, diz.

O padeiro Ernani Costa Soares, 44 anos, também traz saudades recentes. Há dois meses perdeu a avó de 86 anos. No mesmo período Miguel Ferreira da Silva, eletricista contou que também perdeu sua filha de 4 anos. Ele relata que ela tinha hidrocefalia, ficou mais de um mês “entubada” e não resistiu. Eles, ultimavam a construção e reforma dos túmulos e esperam ter “tudo arrumado e limpo” até quinta-feira.

A expectativa é que 75 mil pessoas passem pelos dois cemitérios municipais durante o Dia de Finados em Pouso Alegre. A previsão é de que o fluxo de pessoas seja maior no Cemitério Municipal, onde são esperados cerca de 50 mil visitantes. Haverá como sempre, missas nos locais na parte da manhã e provavelmente a tarde.

Outras 25 mil devem passar pelo cemitério Jardim do Céu e 15 essa estimativa é uma comparação realizada em anos anteriores. Devido ao feriado, equipes da prefeitura intensificaram, nas últimas semanas, os trabalhos de limpeza das ruas internas dos cemitérios, dando um novo visual para maior conforto a aqueles que buscam visitar seus entes queridos e prestar a eles a solidariedade, de lembranças que não se apagam com o tempo e muito menos com a morte.

Direto da Redação

Comentários

Publicidade