A Polícia Militar informou que dois homens morreram e um ficou ferido na manha deste sábado, 06/4 em Ipuiúna/MG, após trocas de tiros. O confronto com os bandidos aconteceu no município de Senador José Bento/MG. De acordo com os policiais, eles teriam participado de um assalto na zona rural durante a madrugada deste sábado.

Ainda conforme a PM, cinco homens armados assaltaram uma casa no Bairro Capivari, na zona rural. Segundo o morador, um lavrador de 56 anos, eles chegaram ao local e se apresentaram como policiais, depois anunciaram o assalto e o amarraram. A quadrilha fugiu em dois carros levando R$ 10 mil em dinheiro.

Com muito custo ele conseguiu se soltar e acionou a polícia, discando 190, durante o deslocamento para o local a PM identificou um dos veículos usados no crime. Uma perseguição então foi iniciada e, próximo a Senador José Bento/MG, na BR-459, o carro em que os suspeitos estavam, bateu na canaleta da rodovia.

Segundo ainda informações da PM, os ocupantes do veículo, então, começaram a disparar contra os policiais e dois deles conseguiram fugir. Um homem, de 19 anos, foi preso no local.

O outro veículo usado na fuga veio para Pouso Alegre/MG. A polícia, no entanto, conseguiu prender um segundo suspeito ainda na parte da manhã. Um terceiro suspeito, que fazia parte do bando, foi detido ao dar entrada no Hospital de Conceição dos Ouros/MG. Os dois foram encaminhados para Ipuiúna.

Por volta das 8:00hs deste mesmo sábado, a polícia recebeu uma denúncia anônima de que, os dois homens restantes, estariam escondidos em uma fazenda na zona rural de Ipuiúna. A PM, se deslocou então para o local informado, mas, foram recebidos com tiros pelos suspeitos.

A PM revidou e atingiu os dois homens. Um deles morreu no local. O outro foi baleado na cabeça e encaminhado para a Santa Casa da cidade em estado grave. Quando estava sendo transferido para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre, não resistiu e morreu durante o percurso.

Durante a operação policial foram encontrados o dinheiro que havia sido roubado do lavrador no bolso de um dos suspeitos. O valor foi devolvido ao dono provando que o crime não compensa. A polícia também descobriu que um dos que foram presos, era amigo da vítima e foi ele quem planejou todo o assalto.

Direto da Redação com informações da PMMG

Comentários

Publicidade