O presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS) José Walter da Mota Matos, o vice-presidente Eliéser Castro e Paiva, o conselheiro Lucas Silveira, o diretor executivo Igor Souza Nogueira Oshiro se reuniram com o deputado estadual Dr. Paulo Valdir Ferreira e o secretário de Estado da Saúde de Minas Gerais Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva para a discussão de repasses financeiros para a manutenção dos serviços do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL). O encontro aconteceu no gabinete do secretário de Estado, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte (MG).

O encontro do Conselho Diretor da Fundação com o secretário de Saúde do Estado foi agendado pelo deputado estadual Dr. Paulo. “Acompanho de perto a situação financeira crítica do Hospital Samuel Libânio, que é fundamental para a vida de mais de 3 milhões de pessoas no Sul de Minas. Minha obrigação é ajudar a solucionar o problema financeiro do Hospital e com união e trabalho vamos conseguir bom êxito”, disse o deputado estadual Dr Paulo.

O secretário Carlos Eduardo foi muito solícito e acolhedor com os dirigentes da FUVS e enalteceu a importância e relevância do Hospital Samuel Libânio para o Sul de Minas. “O Governo do Estado reconhece o esforço e trabalho dos gestores da Fundação para manter funcionando um Hospital de extrema importância para a região, como é o caso do Samuel Libânio. Estamos dispostos a ajudar dentro de nossas possibilidades, pois atravessamos uma grave crise financeira”, disse o secretário Carlos Eduardo.

O presidente da FUVS José Walter apresentou as dificuldades financeiras da instituição. Em seguida o vice-presidente Eliéser Castro comentou sobre a importância do Hospital Samuel Libânio para a região. O conselheiro Lucas Silveira apontou a necessidade de receber os repasses do Estado para dar continuidade no atendimento a população. O diretor executivo Igor Oshiro apresentou toda a dívida de extrapolamentos do Estado para o secretário de Saúde do Estado.

O secretário Carlos Eduardo, diante das explanações do Conselho e da apresentação das dívidas do Estado anunciou que realizará o pagamento integral dos Programas Pro-Urge, Pro-Hosp e Rede Cegonha para o Hospital Samuel Libânio a partir deste mês. “Esses recursos não estavam sendo repassados pelo governo anterior, agora nosso novo governo tem o compromisso de fazer os repasses regularmente e sem atrasos”, disse o secretário de Estado da Saúde Carlos Eduardo.

O presidente da FUVS José Walter agradeceu o empenho do secretário de Estado da Saúde Carlos Eduardo e o deputado estadual Dr. Paulo pela atitude em ajudar o Hospital Samuel Libânio.

Fonte: Ascom FUVS

Comentários

Publicidade