O prefeito de Pouso Alegre Rafael Simões no programa de hoje fala de Pouso Alegre foi selecionada entre outras cidades do Brasil para ser inserida no programa de saneamento básico do Ministério das Cidades. O acolhimento da proposta da Prefeitura foi divulgado e publicado no Diário Oficial da União.

Para a TVJC Simões explicou que em julho de 2017, priorizou junto ao Ministério das Cidades uma proposta na modalidade de Manejo de Águas, buscando uma solução para as inundações que ocorrem em períodos de chuvas em ruas do centro de Pouso Alegre, como a Rua Comendador José Garcia, Bom Jesus, Monsenhor Dutra, São João e Adolfo Olinto, provocadas pelas águas pluviais vindas dos bairros Primavera, João Paulo II, Santo Antonio e Boa Vista, de serviços realizados não eficientes, cuja administração já se reuniu com moradores destas localidades para apurar responsabilidade.

A Carta Consulta de Pouso Alegre foi aprovada, totalizando o investimento em R$14.783.931,59, com contrapartida da Prefeitura de R$739.198,58. A etapa seguinte será a aprovação do projeto básico junto à Caixa Econômica Federal e, posteriormente, junto ao Ministério das Cidades. Para isto, o município contratou a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Com as devidas aprovações. O contrato de financiamento deverá ser assinado e elaborado através do projeto feito e encaminhado pelo executivo para abertura do processo licitatório, com início de obras previsto para o primeiro semestre de 2019.

As galerias pluviais, principalmente das áreas centrais da cidade, não são suficientes para todo o escoamento gerado durante chuva intensa, ocorrendo incidência de alagamentos e inundações. O Jardim Primavera é uma das principais áreas afetadas. O bairro drena águas oriundas de locais adjacentes como, João Paulo II, Santo Antônio e Boa Vista, causando uma sobrecarga no sistema de galerias.

A Prefeitura realiza investimentos em obras de melhorias e reforma das galerias pluviais, mas ainda assim há ocorrência de enchentes, principalmente durante os meses de dezembro e janeiro. O prefeito Rafael Simões agradece o empenho do deputado Bilac Pinto que tornou esse projeto possível graças a sua colaboração junto ao Ministro Alexandre Baldy. Com as intervenções previstas para a Bacia do Primavera, a Prefeitura pretende dar uma solução definitiva ao problema nestas localidades. Veja o Vídeo.

Reportagem: Neilo Machado – Produção e Imagens: Anderson Campos

Comentários

Publicidade