Uma mulher em Pouso Alegre fez a própria mãe, idosa com 92 anos de idade, refém por cerca de quatro horas na noite de quarta-feira, 05/6. Segundo informações da polícia militar, durante um surto psicótico, a filha ameaçou a mãe com duas facas.

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros estiveram no local para negociar a liberação. A polícia informou que a mulher estava em casa quando se trancou em um dos quartos e iniciou as ameaças à sua mãe, que sofre de Alzheimer.

Outras informações colhidas no local dizem que os policiais e os bombeiros ficaram na casa até que a situação fosse controlada. Um sargento do Corpo de Bombeiros conseguiu imobilizar a filha em um momento de distração.

Um médico da equipe do Serviço de Atendimento móvel de Urgência (SAMU) medicou a mulher. Ela foi encaminhada ao Hospital Samuel Libânio. A idosa não teve ferimentos e ficou sob os cuidados de outros familiares.

O caso passo a passo

Segundo informações outras a filha teve um surto na noite de quarta-feira e fez uma idosa que é sua mãe refém dentro da própria casa onde as duas moram atualmente, em Pouso Alegre/MG. No local, a PM informou que a mulher usava facas para fazer a própria mãe, uma senhora de 92 anos, refém e proferia ameaças. A filha que surtou e teve esta reação que será investigada pela polícia, não teve a identidade revelada, ela estava com as facas nas mãos quando foi surpreendida pelo policial do corpo de bombeiros, durante todo o tempo, por cerca de quatro horas ela ameaçava ferir a mãe e quem mais tentasse impedir. A Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o SAMU foram acionados.

A informação prestada no local por vizinhos e familiares é que a filha que teve a crise de surto toma medicamentos controlados. O caso será apurado e investigado pela polícia civil de Pouso Alegre. A residência das mesmas fica no centro da cidade.

Direto da Redação com informações e fotos da PMMG

Comentários

Publicidade