A Polícia Militar de Pouso Alegre faz buscas na cidade e região para prender um homem de 26 anos pela suspeita de esfaquear a sua ex-mulher, de 21 anos, no início da noite de segunda-feira, 24 de junho no Bairro Colina Santa Bárbara.

De acordo com os policiais, o ex passeava com a filha do casal, de três anos, quando convidou a vítima para um piquenique em uma quadra. Ao chegar ao local, a mulher viu o ex-companheiro dela sozinho. Ao questioná-lo sobre a filha, ele teria dito que a criança estava no banheiro.

Quando ela virou de costas, ele rapidamente pegou uma faca e iniciou a agressão. De acordo com a polícia, ela foi atingida superficialmente no pescoço e levada para o hospital.

A tentativa de feminicídio a essa jovem de apenas 21 anos aconteceu no Bairro Colina Santa Bárbara, ela levou dois golpes de faca, no pescoço e em uma das mãos, segundo declarações da PM. Identificada por Gabriela Tibúrcio Ramos. O suspeito da tentativa é o seu ex-namorado que não aceita o fim do relacionamento.

Outras informações

Segundo informações colhidas, o jovem de 26 anos teria atraído a ex-namorada para uma área alegando um piquenique na Rua Sebastião Fagundes, próximo ao Alto do Ibirá. Ele teria dito para Gabriela que estaria com a filha deles, de 3 anos, e que ela fosse até lá para encontrá-los. Ela sem desconfiar de nada foi. Ao chegar, viu que ele estava sozinho, ele não perdeu tempo e já a agrediu, fugindo em seguida do local, tomando rumo ignorado pela PM.

Relato dos Bombeiros que estiveram no local diz que vizinhos viram a jovem caída no pasto, na beira da rua, e chamaram o socorro imediatamente. Eles colocaram uma toalha no ferimento no pescoço da jovem para estancar o sangue até a chegada dos Bombeiros.

Gabriela foi levada então pelos Bombeiros para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio em Pouso Alegre, onde recebeu pontos cirúrgicos no pescoço e na mão, passou por exames e não corre risco de morte.

A Polícia Militar informou também que segue em busca do suspeito da tentativa de feminicídio.

Direto da Redação com informações da PMMG

Comentários

Publicidade