A cidade de Pouso Alegre recebeu na noite do dia 10/5 uma notícia que deixou muita gente sem dormir. Um fato lamentoso chocou parte da sociedade, com fotos e notícias de um crime cujo autor seria o próprio filho da vítima.

Pessoas de vários segmentos comentaram a morte prematura da enfermeira Priscila Coral Ramalho, de 38 anos que ficou famosa na cidade ao protagonizar um vídeo institucional do SAMU de Peruíbe/SP.

Priscila Coral foi encontrada morta dentro de sua casa na tarde desta quinta-feira,10/5 e tudo indica que foi enforcada, pelas primeiras informações que nos chegam da Polícia Civi daquela cidade. O suspeito pelo crime teria sido o próprio filho. Priscila Coral trabalhava no SAMU de Peruíbe, cidade do litoral paulista, muito querida por todos. Segundo amigos da família, o filho tem problemas com drogas e a teria matado após uma discussão.

Ainda segundo informações da Polícia Civil de Peruíbe, o jovem de 18 anos, filho de Carol suspeito de ter cometido o crime foi preso em flagrante, com marcas pelo corpo devido a uma luta corporal com a mãe Priscila Coral.

Em Pouso Alegre, amigo da família e conhecidos assim que tomaram conhecimento da tragédia lamentaram a morte da enfermeira espalhando a notícia rapidamente pelas Redes Sociais. O corpo de Priscila Coral Ramalho foi encaminhado para o IML de Praia Grande/SP, a informação que nos chega é que familiares estão no litoral paulista aguardando liberação do corpo que deverá ser transladado para Pouso Alegre/MG para velório e sepultamento.

NR: – A equipe do Jornal da cidade lamenta profundamente o trágico acontecimento e roga aos céus que dê conforto aos familiares e amigos nesta hora triste para todos. Priscila Coral era um anjo que gostava do que fazia, e fez de sua profissão um seguimento de ajuda e colaboração aos que dela necessitaram. No céu, com seus conhecimentos na área da saúde, com certeza, continuará sua obra de caridade e amor por todos.

Direto da Redação com informações da Polícia Civil – Fotos Redes Sociais

Deixe um comentário