É impressionante as cenas gravadas em vídeo por uma câmera de segurança que mostra o acidente que envolveu dois motociclistas na noite do último sábado, 01/12, em Pouso Alegre/MG e um jovem de 23 anos.

O vídeo mostra um carro em alta velocidade dirigido por Gustavo Souza de Oliveira que invadiu a contramão da Avenida Vereador Antônio da Costa Rios, no Bairro São Geraldo, e atingiu de frente duas motos que seguiam no sentido contrário. Os dois, apesar de terem sido arremessados com o impacto, não morreram, mas ficaram feridos com o trágico acidente que parece incrível terem sobrevividos. Um deles, estava fazendo aniversário e, com certeza, nasceu de novo.

O motorista do carro em seu depoimento a PM disse que trafegava em alta velocidade porque havia esquecido a carteira com seus documentos em uma pizzaria. Gustavo Souza de Oliveira é um jovem de 23 anos, ele contou aos policiais que o carro que estava à sua frente teria freado bruscamente, que ele tentou reduzir a velocidade, mas perdeu o controle da direção e não teve alternativa que não fosse invadir a contramão. Disse que chovia no momento do acidente o que dificultou um pouco sua visão.

Ao invadir a pista contrária, o carro que dirigia, atingiu de frente uma motocicleta tendo posteriormente atingido outra moto no mesmo sentido e no mesmo momento, o impacto foi de frente. A outra moto bateu na lateral do seu carro. Os motociclistas foram arremessados sobre o veículo. Quando então já estando parado, desceu do veículo para socorrer as vítimas prontamente.

As vítimas

O motoboy Alexandre Antônio Braga, de 37 anos, sofreu fratura exposta na perna direita, ele foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital das Clínicas, passou por uma cirurgia no fêmur e terá que passar por nova cirurgia na tíbia da mesma perna. Ele permanece internado no Hospital.

O auxiliar de logística, Ademílson da Silva Pereira Guimarães, nasceu de novo, ele estava completando 25 anos neste domingo quando se acidentou, estava justamente na moto que bateu de frente com o carro. Ele teve várias escoriações pelo corpo, principalmente no rosto, onde segundo informações, levou cerca de 20 pontos por se tratar de um corte profundo. O auxiliar de logística recebeu alta no domingo mesmo e retornou para casa para comemorar o aniversário com amigos e parentes.

O motorista do carro, Gustavo, que provocou o acidente, com lesões corporais, não ficou ferido. Ele foi submetido ao teste do bafômetro e este não acusou bebida alcoólica em seu sangue. Ele assinou, no entanto, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Se comprometeu a comparecer em juízo quando for solicitado, sendo liberado em seguida.

Direto da Redação com informações da PMMG / Imagens: Redes Sociais

 

Comentários

Publicidade