Uma perda abalou o município de Pouso Alegre neste final de semana. O vereador Adelson dos Reis Matias, popular Adelson do Hospital faleceu aos 41 anos, vítima de uma pneumonia. Ele estava internado há 41 dias no Hospital de Poços de Caldas onde faleceu. Tão logo a notícia chegou a Pouso Alegre um clima de dor e tristeza abateu sobre toda a cidade, Adelson era diferente, bondoso, alegre e trabalhador incansável em prol da saúde humana. O prefeito Rafael Simões consternado com a perda de um grande amigo, decretou três dias de luto na cidade.

Adelson do Hospital, nasceu em 27 de setembro de 1977. Formado em Enfermagem pela Universidade do Vale do Sapucaí (Univás). Atuava há quase 20 anos na área da saúde. Foi professor no Colégio João Paulo II, especialista em Enfermagem Cardiovascular e também exercia a função de enfermeiro no Serviço de Hemodinâmica do Hospital das Clínicas Samuel Libânio. Adelson também foi diretor de Enfermagem do Hospital Samuel Libânio e coordenador de Enfermagem.

Sua dedicação e amor pela profissão, sempre preocupado em ajudar o próximo, lhe credenciou a disputar uma vaga para uma das 15 cadeiras de vereador em Pouso Alegre. Adelson do Hospital obteve grande êxito no pleito eleitoral municipal e foi o vereador mais votado da Legislatura 2017/2020, onde obteve 2.148 votos.

Na Câmara Municipal de Pouso Alegre, Adelson foi um vereador atuante, exemplar e levantou a bandeira da saúde pública como principal fonte de trabalho. O vereador, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde criou o Projeto Saúde em Ação, onde a cada 15 dias, uma caravana de profissionais da saúde percorrem os bairros realizando diversos exames, consultas e agendamentos. Adelson do Hospital sempre priorizou a saúde em seu curto mandato. Participou ativamente dos Mutirões de Catarata, Cateterismo e cirurgias realizados pela Prefeitura de Pouso Alegre. Também atuou em diversos projetos de orientações de saúde nos bairros da cidade, destaque nos bairros São Geraldo, São João, Jatobá, Cidade Jardim, Distrito de São José do Pantano, Anhumas e Farias.

Adelson do Hospital também dedicou parte de suas atividades ao voluntariado, com atendimento às famílias carentes, por meio de ações solidárias em prol da saúde e atendimentos básicos. Foi relator da Comissão de Legislação, Justiça e Redação e da Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal de Pouso Alegre.

Ele estava internado em um Hospital Particular na cidade de Poços de Caldas/MG, desde o início do mês de maio para tratamento de uma pneumonia e problemas de infecção nos pulmões. No final do mês de maio o caso se agravou e foi encaminhado para a UTI. Infelizmente Adelson não resistiu ao tratamento e faleceu no dia 15 de junho de 2019, vítima de falência múltipla de órgãos em decorrência de uma pneumonia. O bom filho a casa do Pai retorna como anjo e protetor, deixando uma tristeza profundo nos que tiveram a felicidade de o conhecerem e conviverem com seu dinamismo e bondade. A cidade está de luto, o povo chora sua ausência porque a dor é profunda e imensa. O prefeito de Pouso Alegre Rafael Simões não conteve as lágrimas e chorou copiosamente durante o velório, demonstração visível de amor, companheirismo, gratidão ao humilde e generoso amigo Adelson do Hospital, com isso levando outros colegas a uma emoção de dor pela perda de tão ilustre pessoa. A Câmara perde um nobre e bondoso vereador e a cidade perde um Anjo protetor da saúde que fez de seu ofício uma ferramenta em prol do povo desta terra abençoada por São Bom Jesus um lugar mais digno para se viver.

A TVJC mostra depoimentos exclusivos gravados durante o velório, e o depoimento sincero e fraternal do vereador que o irá substituir doravante na cadeira deixada por Adelson do Hospital. O Reverendo Padre Dionísio Ailton Pereira da Igreja da Fé (Igreja Episcopal Anglicana do Brasil) em Pouso Alegre que também deixa sua mensagem de dor ao amigo Adelson.

NR – O nosso bom e grande amigo Adelson não está mais aqui e desde a hora da sua despedida tudo em Pouso Alegre se transformou em algo mais cinzento. Parece até que a cidade é agora um jardim sem cores. Só desejamos que esteja em um descanso absoluto de paz e harmonia e nos dê força, a mesma força que sempre se desdobrou para oferecer aos que de tuas mãos necessitaram de ajuda para viverem melhor. Não será fácil, porque seu nome não sairá da nossa cabeça, mas temos de prosseguir mesmo com tanta tristeza e já cheios de saudades. Por todos nós, por você, vamos conseguir.

Meu amigo Adelson, ainda não acreditamos que você se foi, que já não voltaremos a encontrar-nos. Parece tudo ficção, uma história que alguém contou para nos aborrecer, mas que nunca aconteceu… Mas infelizmente agora é verdade, dizem que sua voz se calou para sempre, que seus olhos se fecharam para sempre, e que seus ouvidos já não podem escutar nossos lamentos. Muitas vezes não entendemos o chamado de Deus para pessoas boas como você. Cheio de vigor e sempre disposto a ajudar, colaborar na causa que abraçou e escolheu para servir.

Hoje choramos não apenas com os olhos, mas com o coração também, lágrimas de saudades por você que já não vive mais entre a gente, mas que com certeza continuará sua missão intercedendo por todos nós, agora junto ao Pai Celestial. Até sempre, meu amigo Adelson! Acredito que um dia nos voltaremos a nos encontrar, e até lá você viverá eternamente no coração de todos que te conheceram, de todos que você de alguma forma ajudou, porque gratidão haveremos de ter por você sempre. Esteja em Paz meu amigo e olhe por Pouso Alegre que lamenta e chora a sua partida!

Direto da Redação por Neilo Machado

Comentários

Publicidade