A ousadia de uma organização criminosa envolvendo um grupo de 15 a 20 pessoas fortemente armados detonaram explosivos e atiraram contra a Caixa Econômica Federal no centro de Pouso Alegre/MG, próxima a rotatória da Av. Perimetral com a Praça Senador Amaral.

A cidade amanheceu está segunda feira 20/5 tendo a agência da Caixa Econômica Federal sendo alvo de um ataque criminoso. De acordo com informações prestadas pela Polícia Militar, um grupo de 15 a 20 pessoas fortemente armadas detonaram com explosivos e atirou contra o banco para um assalto no centro da cidade.

O fato aconteceu por volta de 1:30hs, os criminosos chegaram em cinco veículos. Em seguida, pararam dois ônibus que passavam em uma das principais avenidas da cidade, na área central, e renderam cerca de 20 pessoas. Todas elas se tornaram reféns dos marginais e foram mantidas ali na rotatória, a 100 metros da agência da Caixa, durante toda a ação de assalto ao banco.

Imagens postadas nas redes sociais mostram as pessoas sentadas na rotatória, enquanto homens armados vestindo roupas pretas circulam pela rua numa operação planejada como num roteiro de um filme. Em um dos vídeos, é possível ouvir os sons de tiros e das explosões.

Ainda conforme informações da PM, houve troca de tiros. Nos vidros da agência, foi possível ver marcas de balas de grosso calibre vindas de armas pesadas. Ainda não se tem notícias se algum valor significativo foi levado e policiais fazem uma ronda na cidade em busca dos ladrões. Todo o efetivo da Polícia Militar foi acionado, o Batalhão de Operações Especiais e até o helicóptero da polícia seguem nas buscas dos marginais. Depois da ação, os reféns foram liberados. Ninguém ficou ferido.

De acordo com outras informações a Polícia Militar pediu reforços nos batalhões de Itajubá e Extrema ambas do Sul de Minas. Acidade de Pouso Alegre foi cercada em todos os sentidos, mas os ladrões assim mesmo conseguiram fugir. A operação dos marginais segundo a PM durou cerca de 20 minutos, todo esse aparato policial evitou a ação dos marginais, e não se sabe se conseguiram levar alguma soma em dinheiro.

As portas da agência da Caixa Econômica Federal foram danificadas devido as explosões e tiros. O que se sabe é que o bando era formado por 15 a 20 homens com esquema montado para agirem rápido e com eficiência. A polícia local de Pouso Alegre foi mais rápida e mais eficiente.

No final da operação os reféns foram libertados testemunhas disseram que eles pegaram o carros em que chegaram e fugiram em diversos sentidos na intenção de confundir a polícia que até o fechamento desta matéria ainda faziam cercos e bloqueios na tentativa de prendê-los. Uma ação ousada, no centro da cidade que se não houve exito por parte dos bandidos, pelo menos serviu para roubar a paz e a tranquilidade dos que moram próximo ao local e de pessoas que ficaram na mira dos assaltantes como reféns.

Direto da Redação com informações da PMMG – Fotos e Vídeos Rede Sociais

Comentários

Publicidade