Um dos maiores nomes do Escotismo de Pouso Alegre, José Amâncio ou Chefe Amâncio como era carinhosamente chamado pelos pequenos escoteiros, recebeu justa homenagem do vereador Bruno Dias (PR) nesta segunda-feira, 17. Em sessão extraordinária, o nome de Amâncio foi aprovado por unanimidade para nomear a praça do bairro Buritis, próximo ao Parque Natural Municipal.

“Para mim é uma alegria, uma honra poder dar o nome do senhor José Amâncio a essa praça que é tão significativa. Em nome de toda cidade de Pouso Alegre quero aqui agradecer ao senhor Amâncio por toda contribuição que ele deu a nossa cidade. Quero estender meu agradecimento ao nosso colega de trabalho aqui Marcos Amâncio; boa árvore, bons frutos. Tenho certeza de que vocês [filhos] continuarão o legado de José Amâncio.

Os filhos de José Amâncio, Marcos Amâncio e Marta, familiares e escoteiros estiveram na sessão para prestigiar a votação. “É uma emoção muito grande saber que uma pessoa que sempre se preocupou com a natureza, com as crianças para que elas trilhassem um caminho certo na vida. Entre os escoteiros que passaram pelo caminho do meu pai temos aí pessoas que se tornaram prefeitos, médicos, policiais, mas principalmente se tornaram cidadãos de bem, conscientes de seus deveres e direitos. Me sinto muito lisonjeado em saber que o nome do meu pai será eternizado numa praça ao lado horto florestal, horto que ele tanto amava que agora guardará nossa saudade. Agradecemos ao vereador Bruno Dias por lembrar de nosso pai desta forma tão carinhosa”, afirmou emocionado o filho mais velho de José Amâncio, Marcos Amâncio.

Falecido em 19 de setembro deste ano, José Amâncio nasceu em Pouso Alegre no dia 18 de junho de 1935. Era filho de Amâncio Bonifácio e Elizaida Rodrigues. Teve uma infância difícil. Foi criado só pela mãe, pois seu pai faleceu dias antes de seu nascimento.

Foi considerado um garoto prodígio. Quando criança fabricava seus próprios projetores de cinema que projetavam filmes em movimento. Na escola desenvolveu vários projetos mecânicos. Um deles, que se tratava de um presépio mecânico, foi exposto em uma feira de ciência em Belo Horizonte. Estudou no Colégio São José e formou-se como contador na Escola de Comércio de Pouso Alegre.

Era músico autodidata, tocando vários instrumentos. Compôs diversas músicas. Era cantor com uma voz incomparável, chegando a ser Crooner da orquestra de Sevilha. Certa vez, se apresentou para o ex-presidente Juscelino Kubitschek na inauguração do Cassino Palace em Poços de Caldas. Trabalhou como locutor e técnico de som na antiga Rádio Clube.

O seu talento na área da mecânica o levou a criar a primeira escola de mecanografia do Sul de Minas, tornando-se a escola FACIT. Pouco adiante foi criado o clube FACIT e o time de futebol FACIT Futebol Clube, o qual foi diretor e goleiro.

Nesta época José Amâncio foi convidado a ir desenvolver seus conhecimentos na área de mecânica na Suécia. Casou-se com Waida Melo Amâncio em 1960, com quem teve 5 filhos: Marcos, Marta, Maria, Michelle e Renata.

Participou de diversos movimentos religiosos animando por muitos anos os cursilhos. José Amâncio sempre foi muito animado e festivo, participando de vários desfiles carnavalescos e ganhando vários troféus por sua criatividade em fantasias.

Em 10 de janeiro de 1972, ingressou no Movimento de Escoteiros, passando pelos cargos de primeiro auxiliar chefe e depois como chefe regional e chefe distrital. Recebeu diversas condecorações: Medalha Bons Relacionamentos; Medalha gratidão de bronze; Medalha de gratidão prata; Medalha da Cruz de São Jorge Prata; Medalha bons serviços Prata; Medalha bons serviços Ouro; Medalha Tiradentes; Medalha do mais alto grau do escotismo – Medalha TAPIR de prata.

Com dinheiro próprio construiu a sede dos escoteiros, incentivando os meninos escoteiros a práticas de filantropia em asilos, campanhas de natal e diversas outras. Foram mais de 40 anos formandos cidadãos, que fizeram e fazem a história de Pouso Alegre.

Direto da Redação com informações da Ascom / CMPA

Comentários

Publicidade