Um incêndio de grandes proporções, mais uma vez levou a guarnição do Corpo de Bombeiros e colaboradores a socorrer um supermercado que já foi vítima de incêndios em sua loja menor a alguns anos atrás. Desta feita o incêndio aconteceu na noite de sexta-feira, 11/1 por volta das 22:30hs. O fogo destruiu grande parte do supermercado existente na Avenida Vicente Simões, no coração da cidade em Pouso Alegre/MG. De acordo com testemunhas e dos próprios agentes da Polícia Militar, o fogo teve início logo que a loja foi fechada. Não havia ninguém no interior da loja.

As labaredas de fogo na parte superior do Supermercado, foram vistas de diversos pontos da cidade e chamaram a atenção de um grande número de pessoas que se aglomeraram próximo para verem de perto os trabalhos que ali se realizavam para controlar as chamas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o pedido de atendimento à ocorrência foi feito por volta de 22:45hs. As chamas foram reduzidas, mas, teimavam em consumir a estrutura da unidade da rede do supermercado.

Toda a equipe de bombeiros foram acionados e utilizaram três caminhões (sendo um tanque e um de combate químico) e dois veículos de menor porte, um deles de resgate, na operação de combate ao fogo.

Vizinhos ao supermercado é que discaram para a PM informando sobre o incêndio que se iniciava, após alguns estrondo que foram ouvidos seguidos de chamas no andar de cima do supermercado, onde fica o almoxarifado. Eles contaram segundo o B.O. que ouviram fortes explosões e ao sair a rua para ver o que se tratava já viram as labaredas tomando conta do supermercado e imediatamente ligaram para a Polícia e chamaram o Corpo de Bombeiros porque o fogo já se alastrava.

Um dos diretores e proprietário do supermercado, Ciro Maglioni, também prestou informações a PM deixando seu parecer quanto ao possível motivo deste incêndio que ainda será apurado pela polícia técnica.

O empresário, no entanto, se mostrou aliviado ao perceber que o fogo acabou sendo dominado pelos agentes do Corpo de Bombeiros e um colaborador com seu carro pipa que não mediu esforços também para ajudar no combate as chamas. O fogo consumiu apenas parte do estoque da loja, na parte superior do prédio, e não atingiu a parte de baixo onde ficam as mercadorias expostas e os equipamentos do supermercado.

O major Ivan Neto, comandante do Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre, em entrevista a um site da cidade contou que ele e outros colegas de farda estão de férias e mesmo assim foram convocados a estarem no local para acompanhar o trabalho das equipes que prestavam o devido socorro, inclusive os militares que estavam de folga foram chamados para ajudar no trabalho de combate ao incêndio.

Ele explicou que a preocupação inicial foi retirar os botijões de gás GLP que estavam no estacionamento do supermercado e evitar assim maiores danos, caso o fogo se propagasse até onde se encontravam. Os bombeiros utilizaram três caminhões de combate a incêndios e contaram com o apoio de outros dois caminhões pipa de uma empresa privada que dispunham de manqueiras e bombas.

Desde o início dos trabalhos até o final do incêndio que destruí parte deste supermercado, a PM estima que foram precisos mais de cinco horas de trabalho para conter todo o incêndio. Este supermercado já teve uma de suas lojas incendiadas, a que fica na Rua Silviano Brandão e agora mais esta que fica no centro de Pouso Alegre no início da Av. Vicente Simões. Um grande susto, acompanhado de prejuízos que não apresentou vítimas. Até o presente momento não há dados sobre os danos, ou a possível causa do incêndio. O que sabe é que o local consumido pelo fogo é um armazenamento de produtos comercializados pela empresa. (Almoxarifado).

Direto da Redação com imagens da Internet (Redes Sociais)

Comentários

Publicidade