Um restaurante popular para cães colocado na frente de um pet shop tem chamado atenção em Pouso Alegre, no Sul de Minas Gerais. A placa escrita “fome zero” indica que a ideia de inventar uma estrutura com ração e água veio para alimentar os cães que vivem nas ruas da cidade.

O projeto é simples – uma estrutura de madeira segura dois canos onde há uma tampa para colocar a comida, e ela chega até o chão, com fácil acesso para os cães que encontram o local.

A ideia foi do comerciante Hélio Carlos de Oliveira, dono do pet shop, que achou projetos iguais na internet. Antes, ele já deixava ração na porta do local para os cães, mas viu que precisava fazer mais.

“Começamos a perceber que, mesmo depois que a loja fechava, ele vinham e ficavam riscando ali, tentando entrar pra se alimentar da ração que estava pra dentro da porta”. O restaurante popular, como o dono gosta de chamar, ganhou a vantagem de ficar “aberto” 24 horas.

A ideia foi comprada pelos moradores, que aprovaram a atitude e agora doam ração para ajudar a abastecer o local. O projeto também foi encomendado por outras pessoas que quiseram colocar um restaurante na porta de casa.

“Aqui em casa, a gente colocava uma vazia de água e ração aqui fora, só que conforme chovia acabava estragando”, conta o morador Salvador de Lima. Então, ele e a esposa investiram R$100 e agora têm um igual ao do pet shop.

A placa da porta da loja também indica que o local é filmado. O recado foi colocado por Hélio depois que as câmeras flagraram pessoas roubando ração do lugar. Com o aviso, agora os cães podem aproveitar o restaurante feito pra eles.

“Pra nós que somos amantes dos animais é emocionante. Você vê, você sabe o tanto que eles sentem fome na rua, o tanto que sentem sede, e você ter a oportunidade de ver eles se alimentando aqui não tem preço que pague isso”, conta Hélio.

Fonte: G1 Sul de Minas

Comentários

Publicidade