Nesta quinta-feira 02/8, o Comando da 17ª Região da Polícia Militar, divulgou nota esclarecendo os motivos pelos quais o Estádio Manduzão não será liberado para partidas oficiais do PAFC – Pouso Alegre Futebol Clube.

A nota enviada a imprensa pela PM informa que o laudo de segurança emitido nesta quarta-feira, 01/8 atende a uma metodologia própria, seguindo os critérios do Estatuto do Torcedor e outras normas para garantir a segurança do público em geral e profissionais envolvidos.

Segundo a PM, foram duas vistorias realizadas no Manduzão, em nenhuma delas diz a nota, o Estádio estava preparado para a realização de eventos esportivos profissionais. A PM diz que observou as obras de melhorias e que foi informada que o local estaria pronto para a partida de estreia do PAFC no próximo sábado 04/8. Mas, a PM contesta dizendo que “não trabalha com expectativas, por força de lei, trabalha com a realidade e a situação concreta do local a ser vistoriado”.

A TVJC ouviu o presidente do PAFC, Paulo da Pinta que se mostrou, confira a matéria “Paulo da Pinta fala sobre estreia do PAFC com portões do Manduzão fechados

 

VEJA NA ÍNTEGRA A NOTA DIVULGADA PELA PM

 

Direto da Redação

Deixe um comentário