Uma exposição em Poços de Caldas está dando o que falar e acabou causando polêmica nas redes sociais, agora parece que virou moda, as insinuações em nome da arte e da cultura moderna do novo tempo. A imagem, desenhada por um dos alunos do Instituto Federal do Sul de Minas, organizador da exposição, mostra o beijo de dois super-heróis – Batman e Super Homem. Ao fundo, as cores que representam a causa LGBT. O desenho foi escolhido entre outros, cuja finalidade seria apenas um desenho exposto e nada mais.

Mas a polêmica aconteceu a partir de uma foto tirada do desenho de uma revista em quadrinhos e postada em uma rede social que por sua vez gerou algumas postagens contra e a favor da obra em exposição. Entre os compartilhamentos, há pessoas que defendem a liberdade de expressão e outras que se colocam contrárias a exposição do desenho para crianças, naquele contexto. Tanta repercussão, segundo uma reportagem feita pela emissora de TV local gerou um posicionamento oficial da Secretaria Municipal de Cultura. Em nota divulgada, a secretaria ressaltou a importância da liberdade cultural e artística.

Diz a nota: “A secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas, manifesta-se em favor da liberdade de expressão artística e reafirma seu compromisso em promover ações de valorização da Arte, da diversidade, do respeito a todas as crenças, etnias, orientações sexuais, posicionamentos políticos e demais manifestações de pensamento e relações humanas”.

A nota ainda afirma que, por uma decisão do IF Sul de Minas, o desenho chegou a ser retirado da exposição, que está disponível no Espaço Cultural da Urca, para preservar a autora da obra. Mas os organizadores decidiram reverter a decisão e agora o desenho está disponível para visitação pública até o final previsto. A nota segunda a reportagem também gerou opiniões diferentes. A maioria apoiou a decisão da secretaria. “Meu total respeito e admiração”, escreveu um usuário. Muitos comemoraram com a frase “Retrocesso nunca mais”. Alguns comentários contra a nota falavam em “ataque contra as crianças”. Um homem escreveu “Nem tudo é arte”.

Um jovem que visitou a exposição, Wesllen Maicon publicou nas redes sociais um protesto particular: “É uma polêmica totalmente desnecessária feita por algumas pessoas que são intolerantes. Por que o quadro não tem nada demais. Uma criança ir à exposição e ver o quadro faz ela entender que não há mal nenhum em pessoas se amarem”, conta Wesllen. Outro jovem comentou: Eu acredito que toda essa polêmica vem acompanhando todo esse movimento que acontece no Brasil recentemente, é uma onda retrógrada e conservadora, de cunho muito fascista. Estão buscando fazer uma repressão clara não só as expressões artísticas, mas sobretudo ao caráter de polêmica da Arte” disse.

Obs: Para apreciação de nossos leitores e anunciantes estamos divulgando a foto do desenho que se encontra na exposição na Urca em Poços de Caldas, se desejar deixe seu comentário.

Foto: Arquivo Pessoal/Wesllen Maicon)

Comentários

Publicidade