O corpo do atleta Daniel Corrêa Freitas, ex-São Paulo e emprestado ao São Bento, foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba/PR e deve ser encaminhado nesta terça-feira, 30/10 para Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais, onde mora sua família. O meia foi encontrado morto no último sábado em São José dos Pinhais com ferimentos de faca em várias regiões.

Conforme informações divulgadas nas redes sociais o crime foi doloroso para o atleta, que levou várias facadas e teve o pênis decepado. Por meio de declarações, a polícia civil disse que vai checar onde ele estava morando atualmente e o que de fato aconteceu. “Foi algo com bastante maldade, quem fez estava com muita raiva de Daniel. Tudo isso será apurado. Possivelmente, foi uma morte dolorosa, com sinais de tortura, Daniel não morreu no momento”, disse Edmilson Pereira.

Pereira explicou também que os assassinos estão sendo procurados e a investigação está avançada e já há suspeitos do crime, porém nenhuma nova informação será divulgada para não prejudicar o andamento do processo.

A Assessoria P2, que gerenciava a carreira do meia, publicou no Twitter que um primo do jogador reconheceu o corpo e levou toda a documentação necessária para a liberação do corpo. Ainda conforme a assessoria, a família está resolvendo questões burocráticas do transporte do corpo de São José dos Pinhais para Conselheiro Lafaiete onde o jogador será sepultado.

Direto da Redação com informações da AP2/EM

Comentários

Publicidade