O presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS), Dr. José Walter da Mota Matos participou de uma entrevista na TV Jornal da Cidade, “Conversa de Boteco” apresentado por José Henrique & Donizete Barbosa como gestor da Instituição FUVS e Delegado de Polícia.

Dr.José Walter da Mota Matos é um dos mais notáveis delegados da Polícia Civil e atual presidente da FUVS. Com várias passagens como delegado de polícia por cidades de Minas Gerais, acabou se tornando presidente de uma das mais importantes Instituições do Sul de Minas. A UNIVÁS, que este ano está completando 51 anos de atividade – sinônimo de Educação e Saúde mantenedora do Hospital das Clínicas Samuel Libânio que hoje atende 153 municípios.

Nascido e criado em Pouso Alegre, a carreira na Polícia Civil começou aos 24 anos, aprovado no primeiro concurso que prestou para o cargo. Fui designado inicialmente para o município de Inconfidentes, que pertence à regional de Pouso Alegre. Trabalhou muito. Dez meses depois foi transferido para a comarca de Borda da Mata onde atuou como delegado substituto em férias e licença médica nas comarcas de Bueno Brandão, Monte Sião, Ouro Fino e Jacutinga. Com dois anos de Borda da Mata, voltou para Pouso Alegre para ajudar na Delegacia Regional. Atuou em todas as delegacias adjuntas. Permaneceu trabalhando em Pouso Alegre até 2006 quando foi convidado para trabalhar em Santa Rita do Sapucaí. Nesta cidade começou a desenvolver um trabalho social que o identificava mais como o povo.

Em 2008, José Walter assumiu sua primeira Delegacia Regional, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha/MG. De lá, voltou para o Sul de Minas, São Lourenço, no cargo de Delegado Regional, até alcançar o posto de Delegado Geral. Esteve também em Itajubá enfrentando novos desafios, uma cidade-universitária com bom Parque Industrial. Isso chamou a atenção do superintende Dr. Jéferson Botelho Pereira na época, e José Walter acabou sendo promovido para Delegado Geral alçando o posto de Chefe de Departamento, designado para assumir o departamento de Ipatinga, no Vale do Aço, em novembro de 2012.

Quatro meses depois, enfrentou um grave problema de saúde e se viu na obrigação de pedir afastamento do cargo. Atendido prontamente, foi dispensado no dia 19 de abril de 2013, quando retornou para Pouso Alegre, em pouco tempo recuperou sua saúde. Voltando a trabalhar em Pouso Alegre, como Delegado Assistente do Chefe de Departamento. Quando houve a troca do chefe da PC foi transferido para Juiz de Fora.

Após longo período na Zona da Mata retornou novamente a Pouso Alegre, agora definitivamente para trabalhar e viver com a família e, considera esse fato um prêmio. Em 2016 devido à sua popularidade no município, foi candidato a vice-prefeito junto com Virgília Rosa, tendo recebido uma expressiva votação, mas sua chapa não foi vencedora, porém serviu para mostrar-lhe que tem na alma ambições políticas e que gostou da experiência vivida, pois ela o colocou ainda mais em contato com o povo desta cidade que ama e acredita.

Em 2018 uma nova diretoria tomou posse na Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS) e Dr. José Walter após ter vencido as eleições para compor a direção desta Instituição, foi nomeado pelo governador de Minas Gerais, que reconheceu a eleição realizada, presidente da FUVS juntamente com os demais membros do Conselho.

O novo presidente da FUVS, José Walter da Mota Matos, já mostrou competência como delegado de Polícia Civil e está inovando com muito sucesso a FUVS, trazendo em pouco tempo benefícios e ampliações para o Hospital, renovando sua frota de veículos e construindo e inaugurando novas salas para maior conforto dos que dele necessitam. A meta de Dr. José Walter é trazer estabilidade para a Instituição. É uma diretoria efetiva que tem duração até 2022.

Dr. José Walter da Mota Matos tem duas filhas, e está casado pela segunda vez. Têm seis irmãos. Em particular, ao jornal da cidade, contou que foi criado com rigidez pelo pai militar e a mãe dona de casa, mas com muito amor e calor humano teve uma infância feliz. Fato que contribuiu para sua formação. É uma pessoa querida na cidade, que procura fazer bem seu papel de cidadão e profissional da melhor forma possível.

Durante sua participação no Programa “Conversa de Boteco”, o presidente da FUVS falou sobre a situação atual do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), entidade mantida pela Fundação. Cobrou do Governo de Minas Gerais os repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) e comentou sua carreira dentro da polícia civil, bem como de outros assuntos relevantes e de interesse da comunidade. A Universidade do Vale do Sapucaí (Univás) também foi destaque no bate papo descontraído gerado nos estúdios da TVJC.

Os Colégios Anglo Pouso Alegre e João Paulo II também foram mencionados pelo presidente José Walter. Ele fala de Política, Segurança, Educação, Esporte e Saúde principalmente de forma franca e sincera. Um programa imperdível onde o presidente da FUVS conversa com os apresentadores mostrando o outro lado da moeda. Um bate-papo saudável, feita com muita tranquilidade, muita transparência, priorizando acima de tudo os interesses públicos e sua paixão em servir.

A FUVS existe há 51 anos e faz a gestão três instituições de ensino, entre elas a Universidade Vale do Sapucaí (UNIVÁS). A fundação administra também o Hospital Samuel Libânio, considerado pela nova diretoria o maior desafio para os próximos três anos. José Walter é também professor da Faculdade de Direito do Sul de Minas e dá uma aula de simpatia e simplicidade enaltecendo pessoas que gosta e admira na cidade. Agora é assistir e conferir o “Conversa de Boteco”.

Apresentação: José Henrique & Donizete Barbosa
Direção: Neilo Machado – Produção e Imagens: Anderson Campos – Gravado nos estúdios da TVJC

Comentários

Publicidade