Na tarde de quarta-feira, 12 de dezembro, o prefeito de Pouso Alegre Rafael Simões assinou uma lei de extrema importância para a saúde de Pouso Alegre e de todo Sul de Minas. A Lei Nº 5.995 autoriza o repasse de R$3.641.432,88 (três milhões, seiscentos e quarenta e um mil, quatrocentos e trinta e dois reais e oitenta centavos) do município à Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí – FUVS, mantenedora do Hospital das Clínicas Samuel Libanio (HCSL). O montante é referente à dívida que o município contraiu com o HCSL, de 2014 a 2016.

O prefeito aproveitou a ocasião para agradecer o promotor de justiça de Pouso Alegre, Dr. Décio Monteiro Morais, que ajudou nas tratativas para que a Prefeitura chegasse a esse importante momento. “O Hospital Regional é a Nave Mãe da saúde em nossa região. Por isso, hoje, na condição de prefeito, estou muito feliz em podermos, com a participação da Procuradoria Geral do Município e do Ministério Público, inclusive do judiciário, pagar algo que era devido ao nosso hospital e que, infelizmente, o governo anterior não honrou. Da mesma forma, comunico que estamos autorizados a pagar ao HCSL todos os extrapolamentos que ocorrerem na nossa gestão, o que faremos certamente”, enfatizou Simões.

Fonte: Ascom / PMPA

Comentários

Publicidade