O comerciante Fernando Costa da Silva, 39 anos, (foto) foi morto na madrugada de sábado, 09/9 no em Cambuí/MG no Bairro São Benedito, após uma discussão com o cunhado.

“Testemunhas flagraram a briga entre os dois dentro de um veículo, e disseram em depoimentos que a coisa esquentou feia, até que em determinado momento a vítima teria saído deste carro durante a discussão, que deu prosseguimento com o cunhado autor que permaneceu dentro do veículo.,

Depois de sair do carro e do lado de fora ter continuado a discussão entre os dois, segundo informações da polícia, Fernando acabou sendo atropelado e morreu prensado contra o muro de uma casa. Uma testemunha disse também que havia mais uma pessoa no carro que atropelou Fernando, que seria uma mulher.

O Fugitivo

O cunhado, suspeito do crime, logo em seguida tomou rumo ignorado fugindo da cidade. O veículo era uma caminhonete que foi localizada horas depois em um posto de gasolina, na Rodovia Fernão Dias, 381 em Extrema/ MG.

Nesta terça-feira, 11/9 na parte da manhã O homem suspeito de matar o cunhado atropelado prensando-o contra um muro em Cambuí, se entregou à polícia acompanhado de um advogado. Ele é agricultor e tem 26 anos, estava foragido desde que cometeu o crime.

O delegado de Cambuí, Renato Mendes, responsável pela investigação, registrou o depoimento do suspeito.

O suspeito de ter atropelado Fernando não tem passagens pela polícia. Após o depoimento, ele foi levado para o presídio de Pouso Alegre/MG, onde deve cumprir prisão preventiva. O delegado tem 10 dias para concluir o inquérito.

Direto da Redação com informações da PMMG

Deixe um comentário